O fit cultural é a identificação do MVV (Missão, Valores e Visão) do colaborador com o MVV da empresa, ou seja, é o alinhamento da cultura do candidato com a da companhia. Dessa forma, quando os funcionários possuem o fit cultural quer dizer que eles compartilham dos principais valores que orientam a cultura desse ambiente de trabalho. Entender o fit cultural do candidato e da empresa é essencial para um bom recrutamento e seleção.

 

Qual é a importância da análise do fit cultural em um processo de recrutamento e seleção de candidatos para uma vaga de emprego?

Essa análise é fundamental para que a seleção seja mais precisa, pois garante que candidato e empresa estejam alinhados em diversos aspectos. Com isso, a evasão de funcionários tende a diminuir, já que ambas as partes estão em harmonia e em busca de um objetivo em comum.

Além disso, candidatos que se enquadram no fit cultural conseguem se integrar mais facilmente no ambiente da corporação. Dessa forma, ganham maior probabilidade de crescer e permanecer na empresa por mais tempo, além de entregarem os resultados esperados mais rapidamente. O impacto é direto no clima organizacional, nos objetivos da empresa e na qualidade de vida do funcionário.

Desse modo, tanto a empresa quanto o funcionário não passam por um processo de desgaste. Fazer uma contratação errada e descobrir que aquele não era o candidato ideal para a vaga é frustrante e custoso. Além de o funcionário trabalhar desmotivado e com menor produtividade do que poderia, no caso de uma possível demissão, haverá mais gastos: demitir exige burocracia.

 

Como analisar o fit cultural de uma empresa?

A equipe de recrutamento e seleção precisa estar atualizada sobre como a empresa funciona. Para isso, é fundamental que o recrutador estude o clima organizacional da corporação. Isso inclui saber os valores, a missão, a visão e os processos adotados. Também é essencial conhecer o ambiente de trabalho, o relacionamento das equipes e o estilo de gestão adotado pelas lideranças.

 

Como avaliar se o candidato tem o fit cultural da empresa?

Depois de fazer um estudo sobre a empresa, é necessário criar formas de conhecer o candidato à vaga. Para isso, criar um canal de diálogo mais humanizado e confortável com esse candidato é o primeiro passo para conhecê-lo melhor. Assim, nas entrevistas é importante que o recrutador alinhe as perguntas comportamentais de acordo com todo o estudo feito sobre a empresa. A entrevista deve ser personalizada de forma que atinja cada competência que mais se adequa ao estilo da empresa.

Analisar o histórico de trabalho do candidato pode ajudar a entender o perfil das empresas que ele já trabalhou. Esse não é o objetivo principal, mas pode enriquecer a avaliação. Porém, o candidato não se resume a seu passado profissional. O currículo é muito importante, mas não adianta contratar alguém que esbanje conhecimento e experiência se essa pessoa não se encaixa nas relações humanas da empresa.

Caso essa seleção tenha mais etapas para além de entrevistas, a equipe de recrutamento pode montar dinâmicas de grupo para aprofundar ainda mais o conhecimento sobre os candidatos e ter mais recursos para analisar cada um e selecionar os que realmente tenham o fit cultural da empresa.

Esses são alguns pontos importantes sobre fit cultural que podem fazer com que a sua contratação seja mais eficiente.

 

– Michelle Simões