A Psicologia Organizacional é um ramo que busca entender como o sujeito afeta o ambiente de trabalho e como esse ambiente afeta o sujeito, visando sempre o bem-estar dos membros da organização, otimizando seus resultados e estudando os fenômenos psicológicos envolvidos. Esta área atua embasando as ações dos setores conhecidos comumente como recursos humanos ou gestão de pessoas, tendo  como um dos principais focos compreender como proporcionar motivação no trabalho, aliando-a a própria motivação pessoal do colaborador.

Na Insight, como uma consultoria, atuamos sendo um departamento de RH para as empresas contratantes, suprindo a necessidade desse setor ou agindo em apoio ao mesmo. Dessa forma, garantimos que processos tão vitais para uma organização não deixem de ser realizados por sobrecarga de tarefas ou ausência de equipe especializada. Objetivando isso, realizamos diferentes serviços voltados para a Psicologia Organizacional, atuando com micro e pequenos empresários nos seguintes processos:

  1. Recrutamento e Seleção.

Esse processo tem por objetivo recrutar colaboradores para empresas, tendo sempre como objetivo identificar o sujeito com o perfil mais alinhado ao cargo. Além disso, o Recrutamento e Seleção precisa feito com base na missão, visão e valores da empresa, garantindo que o candidato selecionado esteja, também, alinhado a esses fatores. A escolha do futuro colaborador é feita através da triagem e análise de currículos, dinâmicas e entrevistas comportamentais, garantindo que o candidato ideal seja selecionado para a vaga e possa executar suas funções da melhor forma possível. Estes processos todos são vitais para que a empresa consiga avaliar e conhecer o possível colaborador em diversas situações, prevendo qual será seu comportamento ao ingressar no quadro de funcionários e participar do cotidiano da empresa.

  1. Treinamento e Desenvolvimento.

Esse serviço tem o intuito de promover treinamentos e desenvolvimento pessoal para os membros de uma organização. O objetivo principal do Treinamento e Desenvolvimento é fazer com que os funcionários alcancem o seu potencial de trabalho, aumentando, assim, a produtividade da organização. O treinamento se entende como o aprendizado de competências técnicas necessárias para um cargo e funções específicos, para o tempo presente. Enquanto isso, o desenvolvimento tem um conceito mais amplo, em que o colaborador tem a oportunidade de aprender competências comportamentais que serão muito importantes para sua vida profissional, em futuros cargos.

  1. Análise e descrição de cargos.

A partir de uma Análise e Descrição de Cargos, levantamos o mapeamento do que os cargos exigem de seus ocupantes em termos de conhecimentos, habilidades e competências, assim podendo desempenhá-los adequadamente. A realidade atual da organização e as definições da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO) são comparadas, e então validadas com os gestores da empresa. Estabelecendo um perfil profissiográfico para cada cargo, é possível melhorar a estrutura organizacional de sua empresa, além de auxiliar na realização de um Recrutamento e Seleção plenamente coerente com as demandas da organização.

  1. Pesquisa de Clima Organizacional.

A Pesquisa de Clima Organizacional tem o intuito de identificar o clima organizacional, ou seja, perceber o que motiva e desmotiva as pessoas que trabalham naquela organização. A partir daí, criam-se hipóteses acerca do que está afetando o clima da empresa e, então, são pensadas soluções para os problemas apontados na pesquisa de clima.

  1. Avaliação de Desempenho.

As avaliações de desempenho são realizadas no intuito de identificar o que pode ser melhorado dentro de uma empresa. Por meio de entrevistas e análise das competências para determinado cargo, é elaborada uma avaliação de quanto o colaborador conseguiu executar em determinados espaço de tempo. Os dados adquiridos podem ser utilizados tanto para acompanhar a produtividade dos colaboradores quanto para encontrar lacunas nas competências e trazer treinamentos.

  1. Mapeamento de Competências.

O Mapeamento de Competências tem por objetivo mapear as competências necessárias que um indivíduo deve possuir para ocupar determinado cargo dentro de uma organização. A determinação das competências é feita por meio de entrevistas com o possuidor atualmente do cargo e de seus superiores, de maneira a traçar indicadores que possam avaliar cada competência para o cargo. Esse processo é a base para o estabelecimento da Gestão por Competências, e consequentemente para a realização correta de outros processos de RH como o recrutamento e seleção, análise e descrição de cargos, avaliação de desempenho…

  1. Plano de Cargos e Salários.

Esse processo tem por objetivo mapear cargos, salários e responsabilidades dos indivíduos que integram uma organização. A partir desse ponto, é possível tornar eficaz e racional a administração dos cargos e salários na organização, permitindo a ascensão profissional dos colaboradores de acordo com suas aptidões e desempenhos. A importância desse processo reside no fato de gerar motivação ao colaborador ao deixar claro quais etapas ele passará e quanto receberá para chegar no cargo desejando, estimulando o planejamento e alinhamento pessoal para com a empresa e sua vida.

Todos os serviços acima citados são de extrema importância para a melhoria da gestão de pessoas de uma empresa e dos processos organizacionais como um todo. E, apesar de se complementarem, cada serviço tem um objetivo específico. Em conjunto, eles garantem que o indivíduo execute seu trabalho da forma mais satisfatória possível, aumentando, assim, sua capacidade produtiva e desenvolvimento pessoal.

Gestão de Pessoas se tornou algo mais fácil? Comente abaixo.

– Equipe de Marketing da Insight Consultoria